“Marcar produtos” no Instagram – 4 passos pra começar

Categorias Marketing, Negócios e vendas

O Instagram começou a liberar em mar/2018 no Brasil, a nova funcionalidade de marcação de produtos em posts. Conhecida também como “Compras no Instagram” ou “Shopping on Instagram” na versão em inglês, essa função permite que empresas que tenham contas comerciais (não vale ser uma conta pessoal), possam marcar, em seus posts, os produtos que estão sendo divulgados, permitindo que o cliente veja nome e preço do produto diretamente no post. Adicionalmente, ao clicar em uma marcação, ele é redirecionado para um endereço onde pode finalizar a compra. E além de ser uma ligação direta com sua página de vendas, não precisa ser paga, como as publicações patrocinadas. Mas nada impede, entretanto, que você impulsione esses posts com anúncios no Facebook ou Instagram, pra uma divulgação adicional.

Compras no Instagram
Novos recursos de marcação de produtos em posts do Instagram. Do post, direto para sua página de vendas.

Legal! Mas como eu uso esse novo recurso?

Você precisa seguir 4 passos (e contar com a aprovação do Instagram, é bom frisar), para que isso seja possível:

  1. Sua conta do Instagram precisa ser comercial: Você pode criar uma conta comercial ou, caso já tenha uma conta pessoal, pode convertê-la em uma conta comercial.
  2. Você precisa ter uma página no Facebook: não vale ser sua página pessoal. Mas a partir da sua página pessoal, você pode criar uma página para a sua loja e, nessa página, associar seu perfil comercial do instagram. Lembre-se que pra ter a possibilidade de fazer isso, você deve ser administrador dessa página no Facebook.
  3. Você precisa configurar sua página para que ela dê suporte a vendas. Aqui você tem duas opções principais.
    • Criar uma Loja dentro da sua página: é a forma mais simples, mas que não permite integrar sua lista de produtos com plataformas de ecommerce. Esse é um método manual, onde você precisa definir os produtos, seus detalhes, foto e disponibilidade de estoque. Qualquer mudança posterior também deve ser feita manualmente.
    • Criar uma conta no Gerenciador de Negócios do Facebook e criar um catálogo de Produtos para sua loja. Essa opção permite um gerenciamento mais automatizado de sua loja e de sua lista de produtos. Você pode, por exemplo, conectar sua loja com uma plataforma de ecommerce e utilizar sua base de produtos já cadastrados lá como origem de seus produtos, poupando trabalho, já que você só precisa gerenciar seus produtos em um lugar, e o Facebook se encarrega de buscar as alterações e manter tudo atualizado. Mas cuidado! O catálogo de produtos também pode ter um carregamento manual de informações. Nesse caso, todas as alterações que forem feitas no seu ecommerce precisam ser carregadas novamente por você.

      Sua nova conta no gerenciador de negócios, em adição à sua conta pessoal
  4. É hora de marcar seus produtos: Se os passos anteriores foram feitos corretamente, é só seguir o guia do próprio Instagram. Lembrando que, por enquanto, o Instagram ainda precisa aprovar as lojas que terão acesso ao recurso e, infelizmente, o processo ainda não é lá dos mais transparentes. Não temos como acompanhar a avaliação deles nem saber o motivo da não aprovação, caso aconteça.

Se você fizer todos os passos, estiver vendo a opção Compras, no seu perfil do Instagram, e ainda assim não consegue ver nenhum produto disponível na hora de marcar seus posts, veja as dicas do Instagram do que pode estar errado.

Se tudo deu certo, agora é só aproveitar o novo recurso. E boas vendas 😉

Comentários