Compras pelo Instagram? Conheça o novo recurso da rede

Categorias Marketing, Negócios e vendas

Chega ao Brasil um recurso que promete mudar a vida de quem vende e compra pelo Instagram.

Agora, não é preciso mais enviar direct messages ou mensagens por Whatsapp pra descobrir o preço de um produto que você viu na rede social: assim como você marca pessoas em suas fotos, agora as lojas podem marcar o nome e valor do produto.

Seu Instagram agora pode ser uma vitrine dos seus produtos.

Novo recurso de compras pelo Instagram

O recurso já estava em teste há alguns meses nos Estados Unidos, e agora foi disponibilizado para sete países, além do Brasil: Austrália, Canadá, França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido.

Por aqui, as primeiras marcas a adotar a novidade são a Nama, de decoração, e a AMARO. Ideal para negócios que conquistaram seu público nas redes sociais, a ferramenta é um plus pra quem vende prioritariamente online:

“A ferramenta para compras veio para completar nossa vitrine, disponibilizando preços e fechamento da compra sem precisar sair da plataforma, o que facilita muito o processo de compra para o cliente.”

Joanna Cariello, fundadora da Nama.

O caminho de compra se torna mais interessante para quem vende e para quem compra: transformando seu Instagram em uma vitrine dos seus produtos, com todos os dados sobre cada item, o consumidor já chega ao seu site (para onde ele é direcionado quando clica nas marcações) mais qualificado e disposto a comprar.

Mas e na prática, como aderir a esse recurso? O próprio Instagram também soltou algumas dicas pra começar a vender mais e divulgar a nova funcionalidade pros seus clientes:

  • Em seu perfil comercial, crie pelo menos 9 posts utilizando a nova função para ativar a aba de compras. Siga as dicas do Facebook para enviar seu catálogo de produtos para a rede social.
  • Marque mais de um produto e ajude seu público a navegar por eles.
  • Use o Stories! Divulgue por lá a possibilidade de comprar seus produtos diretamente nos posts.
  • Abuse dos diversos formatos de posts. Num post carrossel, por exemplo, você pode marcar o mesmo produto em mais de uma foto (aí dá pra mostrar melhor os ângulos, por exemplo).
  • Confira os produtos e as fotos: assegure-se de que cada marcação esteja no produto correto para não confundir o cliente.

Comentários